RECONHECIMENTO / ACONTECIMENTO

Tributarista é indicado na Tax Controversy Leaders 2017

25/10/2017

O tributarista e sócio-advogado do Escritório Brasil Salomão Advocacia, Fábio Pallaretti Calcini, teve seu nome apontado no Tax Controversy Leaders 2017, produzido pela renomada International Tax Review (Euromoney), uma das publicações mais prestigiadas no mercado jurídico. 

A inclusão no guia é baseada em um número mínimo de indicações recebidas por clientes do cenário global. Além da quantidade necessária de nomeações, os participantes também devem possuir provas de sucesso em 2017 e comentários positivos e consistentes dos clientes e outros tributaristas.

Fábio Palaretti Calcini avalia que fazer parte da lista é um reconhecimento significativo para sua carreira, por se tratar de uma premiação internacional. “É uma honra poder compor a lista, pois é uma premiação de reconhecimento e de grande credibilidade no cenário tributário mundial”, expressa. 

A Revista International Tax Review é uma referência para o mercado jurídico desde empresas, advogados e acadêmicos do Direito Tributário e, todos os anos, seleciona um conjunto de advogados que se destacaram e mereceram uma avaliação especialmente positiva por parte dos clientes.

Sócio do Brasil Salomão e Matthes Advocacia, banca com matriz em Ribeirão Preto e unidades em São Paulo (SP), Campinas (SP), Franca (SP), Belo Horizonte (MG), Três Lagoas (MS), Goiânia (GO) e Rondonópolis, Calcini é pós-doutorando em Direito pela Universidade de Coimbra – Portugal -, além de mestre e doutor em Direito Constitucional pela Pontifícia Universidade Católica – PUC/SP, especialista em Direito Tributário Internacional pela Universidad de Salamanca – Espanha, e também pelo IBET – Instituto Brasileiro de Estudos Tributários. Na área acadêmica, atua como professor de graduação e pós-graduação na Uniseb Estácio, como professor convidado na Fundação Álvares Penteado (FAAP), PUC/SP, IBET, FGV Direito USP, USP-RP, CERS, na Universidade Estadual de Londrina (UEL), entre outras. O advogado ainda é autor das obras “Limites ao Poder de Reforma da Constituição: o embate entre gerações” E “O Princípio da Razoabilidade: um limite à discricionariedade administrativa”, ambos publicados pela Editora Millennium, Princípio da Legalidade, ed Lumen Juris, bem como é coautor dos livros: "Processo Administrativo e Judicial Tributário", Pis e Cofins e o regime da não-cumulatividade, "Processo Judicial Tributário", Parcelamento Tributário, Direito Tributário Cooperativo, Mandado de Segurança em matéria tributária, PIS/COFINS Teoria e Prática, entre outros. 

O advogado foi membro do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF) do Ministério da Fazenda, bem como da Comissão de Direito Tributário do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). É membro da Comissão de Direito Constitucional da OAB/SP, Direito Tributário e Educação Jurídica da OAB/SP, Diretor Jurídico Adjunto do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo – CIESP. É colunista do portal Conjur sobre tema Direito do Agronegócio.